Mostrando postagens com marcador Política. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Política. Mostrar todas as postagens

11 março 2011

brasileiros e brasileiras!





-->
Dizem que mulher de bigode nem o diabo pode... Ando desconfiada de um cabra-macho que veio boiando desde a nascente no Maranhão até um afluente em Brasília – seu habitat. É uma espécie de marimbondo com bigode, que cospe fogo, dá até medo, ninguém pode com ele, seria então uma fêmea? Neste pântano, onde deságua todos os detritos de lavagem de dinheiro, lavagem cerebral e outras sujeiras, além deste inseto, vivem espécies de cobras venenosas, papagaios, sanguessugas e moscas brancas. Hoje, com o fenômeno desenvolvimento sustentável, eu fico preocupada com as gerações futuras, pois esses seres vivos não entrarão em extinção – um paradoxo! Mas, já que não se pode tocar no poder da natureza... seria politicamente correto abrir o local para visitação, onde todas as pessoas teriam acesso ao comportamento dos seres que se perpetuam na biodiversidade política.

[Repostagem de 09-09-2010]

07 outubro 2009

No Brasil Tudo é festa! [2]
“...Porque sou brasileiro /Eu sou do litoral/ Eu sou do mundo inteiro/ Eu sou do carnaval...” esse trecho da música de Jammil, para mim, simboliza plenamente a vitória do Rio de Janeiro como candidata para sediar as olimpíadas em 2016. Vibrei muito com a conquista. “Eu já sabia!” O Lula, sem dúvida, mandou muito bem como porta voz. Convenhamos, quem escreveu o discurso merecia um premio, estava perfeito! ou vocês acham que foi o Lula? Bem, ele costuma dizer que não sabe de nada.
Ano passado, escrevi acerca do titulo supracitado referindo-me aos motivos que os brasileiros querem para festejar. Principalmente, quando se trata de feriados – enforcados ou prolongados, facultativos ou “puxados”. Está circulando na internet que o ano 2015 vai ser enforcado, já que a copa do mundo vai ser em 2014 e as olimpíadas em 2016. É uma brincadeira de muito bom gosto.
Mas, tem gente querendo acabar com a festa dos brasileiros. Pelo menos, com os “dias enforcados”, de que forma? Segundo as Agências de notícias, vai haver a antecipação da maioria dos feriados que ocorrerem no meio da semana para as segundas-feiras. O projeto foi aprovado em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Ainda falta passar pelo Senado (se os senadores não enforcarem nenhum dia, é claro!) e se aprovada vai à sanção presidencial.
O projeto é de autoria do deputado Milton Monti (PR-SP). Que vai abrir exceção para os dias 1º de janeiro (Confraternização Universal), Carnaval, Sexta-Feira Santa, 7 de setembro (Independência) e 25 de dezembro (Natal). A proposta também prevê que, havendo mais de um feriado na mesma semana, o segundo passará para a semana seguinte.
Alguém tem que trabalhar! Depois dizem que os políticos não fazem nada...

.


"Se chegar mais perto..." 

10 abril 2008

No Brasil tudo é festa!

No Brasil tudo é festa!

Não resta menor dúvida que o futebol brasileiro é o melhor do mundo. Todos param diante das telas. Cada torcedor com sua fantasia, uniforme, adereços - a caráter! Para os gols a favor: um sorriso, um grito, um pulo, uma gargalhada. Se contra... “ninguém cala o chororo”. No Brasil tudo é festa! Tudo é motivo para comemorar. Haja feriado!

Se eu for fazer uma lista de feriados, passaria dias escrevendo, tenho mais o que fazer. Para um país que têm estampado na sua bandeira "ORDEM E PROGRESSO", você não acha que tem feriado demais? Nem quero entrar em detalhe sobre os ditos prolongados, facultativos, e tampouco os dias enforcados.

Com tantos feriados consecutivos, a “Ordem e o Progresso” vai ser uma utopia. No ano passado, para a economia do Rio de Janeiro, por exemplo, os feriados da Semana Santa, Tiradentes e do Dia do Trabalho, trouxe um prejuízo em arrecadação de impostos de R$ 180 milhões e um endividamento de R$ 300 milhões para o comércio. “O lojista tem que tomar recursos do sistema financeiro, que cobra, em média, juros de 3% a. m. para cobrir despesas operacionais”. Afirma o presidente do Conselho Empresarial de Varejo da Associação Comercial do Rio de Janeiro em entrevista a JBFM.

Em 2008, ano bissexto, muitos feriados coincidiram com os finais de semana. Alívio para o comércio, que tem mais oportunidade para faturar, e, também para os trabalhadores que dependem do ciclo de venda para garantir o sustento. Eu não quero defender os “capetalistas”- os que visam apenas o lucro, nem pedir uma reforma no calendário. Pois se não há faturamento desejável por parte das empresas, o desemprego aumenta, não há plano de carreira ou aumento de salário.

A disparidade de renda sempre vai existir enquanto nossos governantes, que já não gostam de trabalhar em dias úteis - quem dirá em feriados - não estabelecerem políticas efetivas para uma programação de feriados que contribuam com o progresso brasileiro.

[LEIA + Contaminação Sistemática]


Avalie este texto!


12 outubro 2006

DE-BATENDO
O Debate da Band com os presidenciáveis, Lula e Alckimim repercutiu em toda mídia (eletrônica, impressa, radiofônica e televisiva).Mas,a Globo, emissora líder em audiência no horário nobre, não deu importância a um debate de tamanha magnitude.Ora, tratava-se de discussões para o futuro do Brasil.Leia Mais

08 agosto 2006

A BEBIDA NOSSA DE CADA DIA
Sabe aquela pizza que servi há pouco tempo? trouxe uma bebida para acompanhar. Essa bebida é importada, caríssima, fabricada no Paraíso Fiscal. A "Absolut Corruption" era servida em noitadas e reuniões de negócios com pessoas de altíssimo nível social. Trocando em miúdos, somente quem tinha muita grana para fazer relacionamento e lobby podia bebê-la.

Não teríamos o gostinho de pelos menos vê o frasco, se não fosse a língua solta do Roberto Jefferson, mas como ele também bebia na fonte, seja feita a vossa vontade. É bom saber que, político no Brasil não é preso . O que seria dos brasileiros se todos os políticos fossem presos? quem governaria o País? quem controlaria a economia? quem compraria ambulâncias para os hospitais? quem cuidaria da publicidade do governo? como seriam absolvidos por eles mesmo?

É um ciclo vicioso, não pára. Em ano de eleições, a sede pelo voto é negra. Quem provou desta bebida maravilhosa não larga mais o osso, digo, o gargalo. Os Meninos Super poderosos não estão preocupados em combater o monstro da Corrupção. Não estão com medo da sua principal vilã, a Justiça , e muito menos se importando força da rainha, a Opinião Publica.


Mas no país da impunidade, quem tem um olho é rei! não, não é isso, é... vocês entenderam...

AAAhh... Tá cedo.. não vai embora não, toma mais uma gole.

07 agosto 2006

Vai um Pizza?
Recebi vários e-mails de incentivo, apoio e contestação. Alguns leitores estão me chamando de conservadora, outros de radical e outros de menina de pensamentos brilhantes. Confesso que prefiro o último, obrigada! Mas tenho que responder as duas primeiras.


" Como uma jovem de apenas 26 anos pode ser tão conservadora? vivemos no mundo da liberdade de expressão e sexual e a censura não existe mais, pára com isso menina!" Escreveu-me um dos leitores em sinal de contestação.


" Você não pode mudar o mundo, não adianta ser tão radical, seu grito não vai acordar o mundo", outro leitor em sinal de contestação.


Caros leitores, obrigada por tais comentários, é necessário que haja opiniões contrárias, imagine se todos pensassem como eu...o que seria das estratégias de manipulação, do consumismo desenfreado, da lavagem cerebral e de outras coisas que influenciam o homem na mudança do seu comportamento? não teriam efeito.


Não sou conservadora, não! Eu apenas não tenho me conformado com a alimentação que estão nos servindo. Só pizza enjoa, não? O que os paramentares acham da opinião pública? babaca? analfabeta? Mal informada? Sem percepção? Sem opinião própria?! O plenário parece um clube de amigos, absolvem deputados acusados de corrupção, jogam a pedra e escondem a mão, ou melhor, escondem-se atrás do voto secreto.


Apenas a dançarina mostrou a mão, assumindo que gosta de pizza com marmelada. Ah, caro leitor, então eu sou radical?! Estou conversando seriamente com meu teclado... adoraria me tornar uma radical de verdade. Queria fazer uma revolução no Brasil, sabe o que? Um ato público pedindo pelo voto livre. Queria que existisse a democracia, "governo do povo, "pelo povo" e "para o povo". O voto não deveria ser obrigatório, deveria ser um direito de escolha, democrático! Assim não nos decepcionaríamos tanto com a falta de vergonha dos políticos em fazer mal uso do dinheiro público, em outras palavras, roubar!


Qual a punição para eles? qual a moral que têm em criar e aprovar leis se os próprios não as cumprem? E eu sou radical? Conservadora? Ainda não sou... pretendo ser em um futuro próximo.


Eu estou cansada dessa gente hipócrita. Quem não está? Usam máscaras para disfarçar os preconceitos, a ganância e falta de ética. Existe até um Conselho de Ética no Governo, mas não funciona ou não tem força ou não tem argumentos ofensivos para convencer os deputados de que criminosos devem ser punidos. Tudo gira em torno do desempenho do Governo, quer seja na economia, política e nos aspectos socioculturais.


Em um futuro bem próximo pretendo ser radical ou conservadora...
Aceita um pedaço de Pizza?

19 julho 2006

O PAPO É VOTO NULO



Uma forte corrente anda ganhando elos que a tornam crescente a cada dia, é a corrente do Anula Brasil. Existe comunidades no Okut, e-mails , Blogs e sites diversos que anunciam a indignação do povo brasileiro com os políticos da atualidade.

Estes que dizem nos representar acha que a opinião pública não tem os órgãos do sentido. volto a frisar...
Leia Mais