29 maio 2016

Namore alguém que sonhe teus sonhos

Eu tive um sonho... ...aquele fondue na sua casa, foi para me confundir. Eu não sabia se era namoro ou amizade. Mesmo de dieta, não resisti aquele sabor de chocolate. Seus olhos mel lambuzavam minha boca ao olhar fixamente para ela. Ficava imaginando se tudo aquilo era desejo. Meu vestido longo tinha tanto pano, que você se enroscou quando começou a beijar minhas pernas. Os morangos estavam tão rosados que quase mordi sua língua por engano. Nossa sintonia era tão imensa, que a frequência dos nossos corações orquestrou quase uma sinfonia de Beethoven. Pela manhã, o sol curioso olhou pelas frestas da janela e se espantou com o calor do quarto. Estávamos suados, mesmo com o clima de montanha do quarto. Nem nos demos conta que o amanhecer batia na porta.
Quando me dei conta, já estava mergulhada no seu colo. Comecei a depender dele para estar feliz. Mas você não correspondia à minha intensidade. Passei a ser apenas um paliativo: você me procurava quando queria beijos no seu corpo todo; quando queria ver meu rosto inebriado de prazer; quando queria uma boa companhia — buscava sempre um encaixe perfeito. 

Comecei a ter pesadelos quando você passou a dar preferência aos seus amigos nos fins de semana, quando te perdia geralmente para suas prioridades. Até hoje, não recebi nenhum postal das suas viagens internacionais, as quais, por acaso, eu ficava sabendo, quando perguntava sobre seus feriados, pois não passava nenhum comigo. Na verdade, nunca fiz parte dos seus sonhos! Em nenhum momento planejamos uma viagem juntos. Nem sua família, nem seus amigos sabiam da minha existência. Só descobri sobre seu sonho de estudar em Harvard e de que já tinha sido aceito lá, por terceiros — fui excluída plenamente deste momento de apogeu.

Estou aprendendo a lidar com meus erros. Tenho um longo caminho pela frente. Um dos meus desejos nesta vida é me tornar uma pessoa melhor —, tenho plena consciência de que morrerei e, talvez, não experimente amar um inimigo. Acredito que algumas atitudes sabotam minhas chances de realizar sonhos, por exemplo: guardar mágoas; deixar de ser solidária por orgulho; reclamar mais do que agradecer. Mas sabe o que me deixa com esperança?! É que todos os dias acordo com a oportunidade de mudar!

Realizar sonhos é juntar as peças, digo, as pedras do caminho. Porém, é importante ter cuidado; pois nem todas servem para construir castelos. Assim é o amor: nem todos estão dispostos a construí-lo — Nem todos têm a capacidade de se colocar no lugar do outro; passar por dificuldades juntos; sentir as mesmas dores; superar as adversidades. Se você, leitor, está em busca de um amor, namore alguém que sonhe teus sonhos.

Snapchat: lenacasasnovas

Série Completa ► Pensamentos

Curta ►Facebook

Siga ► Instagram

Nenhum comentário: