29 junho 2010

Vem aí...

Vem aí...

 A laranja mecânica

-->
Se o terremoto do Chile tem nome, chama-se Brasil. Sim. Abalamos as estruturas dos chilenos.

E que venha a Holanda! 

Será que vai sobrar o bagaço?
 

25 junho 2010

#Um dia sem gol

-->


--> -->
Não. Não é piada de português, o Brasil estava se lixando para a vitória contra Portugal. Pois sabiam que o empate levaria a seleção ao primeiro lugar do grupo. Mas, o que custava fazer uma graça, né?! sair do zero a zero, pelo menos! 

A partida parecia mais #um dia sem dunga – cadê a fera que peitou até o “trato” de exclusividade para a rede Globo? E por falar nisso, a campanha promovida por internautas “um dia sem globo” ficou apenas TT do Twitter, porque os televisores estavam ligadinhos da silva na “voz da emoção”. É de emocionar mesmo... desculpa a ignorância, mas eu não entendi a frase do Galvão Bueno: a seleção caiu verticalmente – CALA BOCA GALVÃO! 

... Ouço vuvuzelas...
 
Torça sem moderação!

23 junho 2010

A gente vê por aqui!





Éééé... a conversa ainda não chegou na cozinha. Está na Copa!

Nesta Copa quem está batendo um bolão são os internautas. E a bola da vez é Twitter. Nunca na história deste país, os brasileiros foram tão ousados em protestar contra uma “contaminação sistemática”, isto é, qual quer tipo de sistema capaz de fazer as pessoas bovinamente, seguirem uma tendência ou modismo.

Para atingir um “Tranding Topic”[TT] é preciso que uma frase ou palavra seja a mais citada nas postagens do Twitter. Foi o que aconteceu com o “Cala boca Galvão” e “Cala Boca Tadeu Schmidt”. O primeiro caso ganhou repercussão na imprensa internacional, por que os “gringos” foram ludibriados por um campanha "falsa" em prol da proteção de um pássaro chamado Galvão que vira fantasia de carnaval todo ano. O segundo foi por causa da confusão entre o técnico da seleção brasileira e o repórter Alex Escobar, onde o Tadeu comprou as dores do colega de trabalho e se fu$@#.

Se não sabe brincar, não desce pro play. A Twittosfera promete esquentar nos próximos dias. Internautas estão lançando uma nova campanha para atingir o TT, desta vez é o “Um dia sem Globo” dia 25/06, estão endossando a atitude do Dunga em não dá exclusividade à emissora.

Como se não bastasse o Ronaldo[fofomeno] ser patrocinado para está no Twitter, eu não duvido desta campanha. Tudo pode acontecer!

21 junho 2010

Que Zidane!



Quem não se lembra da cabeçada que o Zidane deu no zagueiro Materazzi da Itália na última copa? Pois é, uma vergonha para a seleção francesa! E neste mundial, não está sendo diferente, os jogadores franceses estão dando uma cabeçada em sua pátria, mostrando publicamente que o mais importante são as picuinhas e caprichos dentro da “equipe” do que ir a campo defender sua bandeira.  [Saiba mais +] 

Ah! Eles que são brancos que se entendam! 

Com certeza nós, brasileiros, não aceitaríamos essas frescuras. Além do mais, nossos jogadores são bem pagos para fazer no mínimo um bom jogo. Parabéns a todos pela vitória de 3x1 sobre a Costa do Marfim, que teve o placar manchado com a injusta expulsão do Kaká.

15 junho 2010

No Brasil tudo é festa [3]




--> -->
Então, a Copa já começou. Hoje foi a estréia da seleção brasileira. Embora tenha vencido a partida, não convenceu os 190 milhões de brasileiros. O futebol apresentado ficou aquém de um verdadeiro pentacampeão mundial.

Antes do jogo, dei uma passada rápida em um centro comercial do Rio de Janeiro e fiquei boquiaberta, estava “impestiado”  de verde-amarelo. Pessoas com roupas e acessórios, lojas enfeitadas, camelôs vendendo até a mãe de verde-amarelo, e não poderia faltar as tais vuvuzelas ensurdecedoras. 

Em tempo de copa do mundo, e, principalmente em dia do jogo do Brasil, não adianta impedir, o brasileiro quer fazer festa! Por isso, algumas empresas liberaram seus funcionários do expediente integral e outras fizeram horário especial. Na hora do jogo, o Brasil pára em frente a TV. Todos unidos num só coração, sem pensar em problemas e nas contas para pagar.

Faça chuva ou faça sol, sempre vai ser possível reunir milhares de pessoas para prestigiar um evento festivo. Eu duvido muito se essas pessoas se reuniriam para reivindicar pelo voto livre. Desculpe-me substituir o mel pelo fel, mas se continuarmos juntos e misturados apenas em espetáculos, seremos apenas gados esperando o som do berrante.


----------------------------------

Não se aborreça comigo por acabar com o clímax da postagem, mas foi a única forma de  representar um paradoxo que vivemos e não nos damos conta. 

Agora, sorria! até o craque das letras [foto] está em clima de copa do mundo.

Essa Postagem faz parte do Blog Contaminação Sistemática

11 junho 2010

Dia de namorar!



 Dia de namorar!



Ainda bem que o marketing criou o dia dos namorados.  É isso mesmo. Esqueça tudo que você já leu sobre a origem do 12 de junho. Preste muita atenção no que vou dizer. Nada como o amor para fazer as pessoas consumirem. Você já deve ter ouvido falar que, quem ama cuida! Pois é, estamos sempre querendo agradar a pessoa amada, e, quem não gosta de ser agraciado?! Pensando nisso, a banda do marketing pensou numa estratégia de fazer casais serem felizes na saúde ou na doença, na alegria ou na tristeza, na riqueza ou na pobreza.

Criou então, o dia dos namorados para lembrar de forma massificada que é hora de comemorar a união a dois. Por que isso? Para aliviar o lado dos homens, que geralmente, esquecem de datas importantes como inicio do namoro e de casamento, hoje, eles só não esquecem a data de aniversário dela, porque tem orkut para lembrar. Quer vê uma mulher a beira de um ataque de nervo por mais calma que ela seja, é quando seu parceiro esquece uma data significativa para ela. 

Por isso que a banda do marketing faz muito barulho na semana que antecede o dia 12 de junho, para ser um “salvaguarda” quando a coisa estiver feia para o lado deles. De fato, esse dia não pode simplesmente passar em branco, a troca de presentes é inevitável, um jantar romântico e um lugar mais calmo elevam as chamas da paixão, vamos combinar!

Não sei vocês, mas quando ouço um homem falar que o dia dos namorados é todo dia, fico desconfiada. Ele está assumindo ser um “mão de vaca” em potencial. Tenho dito, ainda bem que o marketing criou o dia dos namorados.

--------------------------
Esta postagem faz parte do Blog a Banda do Marketing

01 junho 2010

Vara Curta



Cutuca com pau de laranjeira, espreme até sangrar, sabe muito bem como manipular as batidas do coração de uma onça brava. Ele quer apenas se divertir, estalar o dedo, e, ela mansamente, sem medir esforços, em seus braços cair

É uma fêmea da melhor espécie, pele brilhosa, limpa, seu cheiro perturba machos vira-latas, machos com pedigree. Uma mulher-onça, com olhar carente, mas firme, sensualidade em cada pisada, leve, sorrateira, só que tem um defeito: acredita em sapos que viram príncipes – vive um conto de fada - espera um cavalo branco com asas. 

Acha que ele é sua alma gêmea ou que já se amaram em outras encarnações, até vela para anjo da guarda acende para não morrer de paixão. Esse felino ouriçado se sente o mais cobiçado do pedaço, mostra-se forte, pleno, livre, porém, esconde um machucado – imerso no seu orgulho. Quer todas as fêmeas imaculadas lhe dando banho de língua, e, até agora ainda não encontrou nenhuma para lamber seu ego ou aliviar sua míngua. 

Uma solidão que se esconde quando entra no estado liquido da matéria do homem, um transbordo que pode ser comprado, às vezes, sem muito esforço pode ser dado. Que bicho dá no homem que o faz com apenas uma mulher ficar? Não ter mais olhos para outra, que o faz até mesmo chorar? Já não canta mais de galo e nem se atrai por galinha. A mulher tem que caçar esse tal bicho, do contrário vai continuar se vestindo oncinha. Mas se isso for uma conseqüência... é melhor não cutucar com vara curta!