27 maio 2009

NATUREZA FERIDA

Gotículas cantam
Tristemente,
Pegadas grudam
No solo,
O calor te ruiu
Gravemente,
Agora,
Tenta alcançar
Teu pólo.

Não há tempo
Para despir,
Varal inundado,
Vestes a cair.

O vento
Intrigante,
Tirou
O arco-íris do ar;
Sei...
Estás ferida,

A poluição
Estonteante,
Sepultou
Um pedaço do mar;
Agora,
Tenta perturbar
Tua vida.

repercussão:
Desenvolvimento sustentável
Bar do Escritor
Manufatura

06 maio 2009

Pré-Lançamento
Incessante
[Acredite. Isso tudo aí é um bolo!]


[Um bolo na forma Incessante]




[ degustação da obra]



[Poesia Tema]


[De olho nos Detalhes]



[Homenagem à mulher de 30]

[Um bolo que dá até para folhear]


[Promessa é divida:Uma degustação da obra]