11 março 2011

brasileiros e brasileiras!





-->
Dizem que mulher de bigode nem o diabo pode... Ando desconfiada de um cabra-macho que veio boiando desde a nascente no Maranhão até um afluente em Brasília – seu habitat. É uma espécie de marimbondo com bigode, que cospe fogo, dá até medo, ninguém pode com ele, seria então uma fêmea? Neste pântano, onde deságua todos os detritos de lavagem de dinheiro, lavagem cerebral e outras sujeiras, além deste inseto, vivem espécies de cobras venenosas, papagaios, sanguessugas e moscas brancas. Hoje, com o fenômeno desenvolvimento sustentável, eu fico preocupada com as gerações futuras, pois esses seres vivos não entrarão em extinção – um paradoxo! Mas, já que não se pode tocar no poder da natureza... seria politicamente correto abrir o local para visitação, onde todas as pessoas teriam acesso ao comportamento dos seres que se perpetuam na biodiversidade política.

[Repostagem de 09-09-2010]

6 comentários:

regina disse...

E amiga a Besta bigoduda saiu das Entranhas do maranhao e juntamente com seus seguidores tomaram conta do resto Pais.

Allanna disse...

- Encantada com o blog, Lena!
Um grande beijo, parabéns!

rai2007 disse...

Moscas brancas mancas pousam nos fios brancos do bigode do Sarney.

Marcelo Mayer disse...

toda vez que leio críticas como esta, me vem a cabeça uma certa música, com violinos... imagina qual é, né?

muito bom!

bjs!

Manuela Araújo disse...

Adorei esse "post": falando com muito humor de um assunto muito sério.
Por mim, esses bichos podiam ir mesmo à extinção!

Maria Julia disse...

muito bom Lena.
bjos