26 agosto 2006

MARKETING DIRETO

Refresque a sua mente! Quantas pessoas já bateram na sua porta vendendo seguros, plano de saúde, livros etc.? Quantos destes produtos você comprou?


A idéia de Marketing Direto pode ser compreendida como uma transação através de multicanais: telefone, correios, quiosque, pessoal. Mas não podemos achar que o Marketing Direto está ultrapassado e que lembra apenas transação. Ele é tão atual quanto o Marketing de Relacionamento, não é contradição, vamos ao escopo de atuação.


Para fidelizar clientes é necessário utilizar o Marketing Direto. Pois é a ferramenta de marketing capaz de proporcionar uma comunicação entre o consumidor e empresa. Através de um banco de dados atualizado e de um Sistema de Informação de Marketing, é feita a segmentação de clientes por perfil, volume de compra, recenticidade freqüência, etc. com intuito de personalizar o atendimento e o contato do cliente.


O objetivo do marketing direto é construir um relacionamento duradouro gerando benefício ao cliente e melhorando o lucro da organização. Quando se utiliza o conhecimento adquirido baseado no relacionamento, abre-se a oportunidade para aumentar o Ticket Médio e motivar a repetição de compra.


Vem comigo! Estamos rumo ao Relacionamento.

25 agosto 2006

Marketing de Relacionamento
TRANSAÇÃO

A evolução do Marketing representada pelo encontro de dois paradigmas.O Marketing Tradicional com sinais de declínio aparti da década de 80 e o paradigma Relacional que ainda não Chegou ao seu auge, mas vêm Crescendo. (MADRUGA, Roberto. Guia de implementação de marketing de relacionamento e CRM. São Paulo: Editora Atlas, 2004.)

Está sendo uma jornada árdua, tem muitas pedras no caminho. Falar em relacionamento em um mundo compulsivo por capital, é controverso. No Brasil a transação é pedrominante, somentes as empresas que buscam sua sobrevivência no mercado, colocaram o pé na estrada e aderiram ao marketing de relacionamento.

O marketing transacional é orientado para vendas, não existe a preocupação em manter o cliente motivado a repetir a compra. Sua principal filosofia é bater metas de vendas e a fidelidade do cliente não faz parte da missão da empresa.

A transação de vendas deixa o clima organizacional tenso e estressante, isso é percebido através do comportamento dos vendedores, pois eles têm que "bater a meta de vendas" para garantir seu emprego. Por tanto vendem até produtos que os clientes não necessitam. "É uma via de mão dupla". O comportamento do consumidor é volátil, estão atentos ao canibalismo de vendas, percebem o custo x benefício dos produtos e serviços e exigem serem tratados de forma personalizada.

Tenho a convicção que a meta de vendas poderíam está atreladas à fidelização, pois o reflexo de um bom relacionamento está na freqüência, recenticidade e volume de compra dos clientes. Mas se as empresas não gerenciarem sua carteira de clientes, não podem estabelecer metas.

Não podemos deixar a batuta cair. A Banda do Marketing tem que acompanhar o percurso do consumidor moderno. A transação é coisa do passado, mas infelizmente muitas empresas estão estagnadas.
...
Começa a largada para mais um desafio do Marketing, tornar realidade o marketing de relacionamento dentro das organizações.


Que soem as trombetas!

24 agosto 2006

SEXUALIDADE:INFLUÊNCIAS CULTURAIS
Falar sobre sexualidade neste aspecto, caro leitor, é um pouco arriscado, pois não sou especialista no assunto, sou apenas uma estudiosa...Vou encontrar muitas barreiras, mas devo ser forte, derrubarei todas que ver pelo caminho!

A sexualidade faz parte da vida cultural em diversas regiões do mundo, da mesma forma que existe a maneira de ser, vestir, brincar e amar. O ser humano vive seus momentos carnais intensamente de acordo com sua natureza. Cabe a ele o senso das suas condições financeiras para procriação, ou seja, ter filhos conforme suas condições financeiras – pelo menos no Brasil não funciona assim, é claro.

Quando não há maturidade e nem amor a própria vida, existem apenas curiosidades, desejos e “aconteceu”! O que a sociedade, as religiões e a família impõe influência direta ou indiretamente nos atos irresponsáveis de uma gravidez precoce, doenças sexualmente transmissíveis e aborto.

Muitos pais que tiveram boas experiências em sua formação de caráter e de personalidade, com certeza querem que os filhos tenham-nas também. Mas quando comparam a época dos filhos com a sua época, percebem que as tendências sócio-culturais moldam seus filhos e, assim deixam de impor regras e limites que na sua época eram impostos, principalmente quando o assunto é sexo.

O sexo sofre muitas transições e variações desde o primeiro casamento até os dias de hoje, isso em muitos lugares do mundo. No entanto deve ser tratado com cuidado para que o ser humano possa desfrutá-lo de forma saudável, falo assim, por que existe a forma contrária: A exploração sexual e outras manias para fazê-lo de forma estúpida e abominável.

Já que a AIDS passou a ser uma realidade, deve ser tratada com mais cuidado ainda, de tal forma que haja sempre busca por alternativas de prevenção e que, não fique apenas em campanhas, todos devem ter amor a si próprio, todos devem ter consciência.

22 agosto 2006

SEXUALIDADE:HIPOCRISIA CONTRADITÓRIA


PROSTITUIÇÃO FEMININA


Falar sobre a sexualidade é complexo e controverso. Principalmente quando se fala em prostituição, exploração sexual e erotismo. Quero extrapolar mesmo é na hipocrisia e nas contradições que há que por trás desta palavra.


Vamos ao fato: O Jornal O Globo denunciou um escândalo na praia de Copacabana: "agenciadores ofereciam aos turistas catálogos de garotas de programa. No outro dia, vários agenciadores foram presos e licenças de comerciantes suspeitos de conivência foram apreendidas."


Boa iniciativa do O Globo, não é mesmo, caros leitores? quem dera se a imprensa ficasse de olho nestes crimes . Ato heróico? Sensacionalismo? Ou hipocrisia? Basta folhearmos os classificados deste veículo que saberemos a resposta. Pura hipocrisia! Anúncios de acompanhantes podem ser conferidos na íntegra pelos leitores. Não somente no O Globo, mas outros veículos impressos também veiculam as propagandas de prostituição.

A pergunta que não quer calar: Como a imprensa pode fazer denúncias e campanhas contra prostituição, se vendem espaço a favor desta? Pura contradição! Imaginem adolescentes com sérios problemas financeiros e familiares decidem procurar emprego nos classificados e, por ironia do destino optam por essas agências... "Ganhos acima de...", "modelos maiores de ..."(será?).


Sabemos que a prostituição é a profissão mais antiga do mundo, tá! mulheres trocam prazer sexual por dinheiro. Agora, transformar a prostituição em um espetáculo, é mais do que hipocrisia, é mais do que uma contradição, é conflitante! Uma celebridade instantânea transformou sua vida de prostituta em um verdadeiro espetáculo! Lançou um livro e vai virar filme. O maior conflito: Gasta-se dinheiro público com campanhas contra exploração sexual, mas divulgam na imprensa o testemunho de uma pessoa que começou a se prostituir ainda adolescente. Isso sim, é educativo! Aplausos calorosos! Com certeza esse livro vai ensinar grandemente as adolescentes pobres necessitadas a não se envolverem com a prostituição por que isso não dá dinheiro e nem leva a lugar algum. Imagine se as adolescentes vão aprender fazer novas posições sexuais, que é isso?!
Falando em adolescentes...Qual o público-alvo do tal livro? É para todas as idades? qual quer um pode adquirir sem apresentar identidade na hora da compra. Que bacana! Banalizaram a Prostituição mesmo!


EXPLORAÇÃO SEXUAL


"Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 97,2% dos casos envolvendo crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, o abusador é alguém com quem a vítima convive, como o pai, padrasto, tios e avôs". Dentro do próprio ambiente familiar exploração sexual é uma realidade. "


"De acordo com um dos relatórios da UNICEF , o número de crianças abusadas no Brasil pode chegar a 500 mil, levando em consideração muitos casos não são denunciados. Fala ainda, da ineficiência da polícia e da corrupção nas investigação desse tipo de crime hediondo."


A Internet é o caminho mais fácil para praticar a exploração sexual, não se resume ao simples abuso sexual, mas inclui o aliciamento de menores a se prostituirem, quem vai adivinhar quem está do outro lado da tela? Algumas pessoas foram presas praticando tais crimes. Onde está a raiz deste mal? Não, não é no dinheiro. Alguns agenciadores oferecem vagas para modelos, muitas meninas que têm este sonho caem feito um patinho e acabam indo por um caminho sem volta.


EROTISMO


A raiz deste mal começa cedo, ainda na infância em plena formação de personalidade. Crianças são erotizadas por novelas, filmes, comerciais e até desenhos animados. Eu não queria ser tão radical, mas não tem jeito. Esplendido!É tão educativo, ver crianças de 9 anos de idade se beijando na boca em novelas, namorando como adultos. É tão normal crianças ficarem seminuas dançando na boquinha da garrafa em programas de TV. Ah, ia esquecendo é uma tendência, mudança de comportamento, as crianças de hoje são tão superdotadas que jamais vão fazer o que vêem na televisão, elas são espertas de mais para aprender o que não presta, ou melhor, elas têm opinião própria!


Os formadores de opinião que trabalham devem ser exemplos. Pelo menos deveriam, agora, colocar para apresentar programas infantis, artistas de nu ou pessoas ditas símbolo sexual, é fantástico! As crianças terão ótimas referências, querem ser igualzinhas a elas quando crescerem.É melhor correr, isso é uma Contaminação Sistemática

21 agosto 2006

EFEITO FANTÁSTICO


Nas postagens anteriores você pode conferir abordagens rápidas sobre a contaminação da sociedade pelos modismos desenfreados . Nem preciso repetir o que falei sobre sexualidade, corrupção, lixo cultural entre outras. Nesta postagem vou abordar o “Efeito Fantástico”.
Quando o assunto é: Adolescentes! As matérias são muito previsíveis. Geralmente falam de jovens rebeldes, cheios de conflitos, participantes de uma tribo urbana, que falam gírias, escrevem em blogs, etc e tal. Temos uma modelo padrão de adolescente segundo a cabeça de formadores de opiniões.
Estes dias, estava relembrando minha adolescência... Digo com muita convicção, eu era uma adolescente careta, nunca precisei fumar, consumir bebida alcoólica ou usar drogas para impressionar os amigos. Nunca aborreci meus pais ou elevei o tom de voz para entrar em conflitos. Eles sempre me ensinaram valororizar a vida, as coisas e os estudos.Na minha época, respeitar os pais e as pessoas mais velhas era uma virtude, hoje, não sei se a palavra respeito tem algum sentido.
O que vemos hoje é o “Efeito Fantástico”. Hoje no Fantástico... Uma pesquisa revela: Cresce o número de Adolescentes que estão se tatuando e usando piercing. Adolescentes estão cada vez menos levando a sério o namoro. O que está levando adolescentes de classe média se envolver com drogas e em crimes.
Um mês depois...

Hoje no Fantástico...Uma pesquisa revela: Diminui o número de Adolescentes que estão se tatuando e usando piercing. Adolescentes estão cada vez mais levando a sério, o namoro. Adolescentes de classe média estão descobrindo como não se envolver com drogas e delitos.
 
Perceba a sutileza, não se trata destas pesquisas fictícias que acabei de citar, mas da contradição que existe quando divulgam uma tendência ou modismo. Não é preciso ser dotado de conhecimento para analisar os programas da TV aberta, são extremamente contraditórios. 
 
Você vai ver no Fantástico...

Cientistas descobriram que a primeira roda era quadrada... Você vai ver no Fantástico... Como os especialistas de marketing estão fazendo para reinventar a roda... Entendeu?

16 agosto 2006

MARKETING DE EVENTOS

Você deve está se perguntando... O que tem a ver o novo filme do X-MEN com Marketing de eventos? Pois bem, acho que o marketing é um mutante! Lena, você bebeu? Não, eu estou mais sobria que o Vanucci e o Jeremias juntos. Acontece que o marketing está sempre em mutação. Mais uma: Marketing de Eventos.


Na HSM Management 56- maio-Junho/2006 fala que os profissionais de marketing estão cada vez mais apostando em eventos. Uma pesquisa Norte Americana revela que 70% das empresas consideram eventos parte vital da estratégia de marketing, mas apenas 31% tem informações necessárias para avaliar o retorno sobre investimento. Reportagem da Sales & marketing explica por que cada vez mais as empresas recorrem ao marketing de eventos para atingir os clientes como garantem sua eficácia.


A foto do novo filme do X-Men foi só para ilustrar, muito embora tenha acontecido um mega evento de lançamento do novo filme. Na verdade quero enfatizar que o marketing deveria fazer parte da escola de mutantes do Professor Xavier. O marketing tem super poderes: se adapta em diverso mercados, acompanhar tendências, muda percepção das pessoas, transforma o comportamento do consumidor e muda a imagem de uma empresa.




Falando em maketing de Eventos... A HSM MANAGEMENTE, dá algumas dicas:

1- SEJA DONO DO EVENTO, NÃO ALUGUE

Os dias em que as organizações simplemente inseririam seu logotipo nos eventos alheios estão acabando. O marketing de eventos estão estreitamente associados aos patrocínios, mas as empresas começam a concluir que a promoção de eventos próprios traz benefícios exclusivos.

2- GARANTA ENVOLVIMENTO DA EQUIPE

O envolvimento do pessoal interno em eventos voltados para as clientes constitui parte importante do processo de garantir consistência quando os funcionários travam contato com o mercado. A propaganda boca -a boca não acaba com a venda do produto. Se trabalha para um companhia e faz um péssimo atendimento em um serviço com o cliente, pode destruir a reputação da marca da noite para o dia. A combinação de eventos externos com eventos internos tem um benefício adicional: a redução de custos.

3- APRENDA ESTE SEGREDO: BUSQUE O MELHOR LUGAR.




Assim como ocorre com com a propaganda, o local desempenha importância imensa no sucesso de um evento de marketing. Uma boa regra é lembrar que os consumidores tendem a estar mais recptivos a absorver as mensagens associadas as marcas em locais onde isso é esperado. Muitas vezes, isso equivale aos locais a que eles costuma ir para gastar dinheiro, como shoppings centers, eventos esportivos e festivais de verão.

15 agosto 2006

QUEM PROCURA, ACHA!
Em qual quer lugar do mundo, fala-se em competitividade. Por tanto pessoas físicas e jurídicas estão preocupadas em buscar alternativas para garantir a vantagem competitiva no mercado. Como já falei anteriormente que tudo vira marketing, vou citar mais um: Marketing de Mecanismos de Buca, é isso mesmo!

Com a evolução tecnológica e o crecimento da rede mundial de computadores, as pessoas estão interadas em todas as novidades de marketing que aparecem, pois não podem perder as oportunidades de conquistar e manter clientes.

O Google é a maior ferramente de busca do mundo. Tudo que você quer saber, ele acha pra você, e o melhor, 0800..(risos). Empresas que prezam por sua imagem tem um site bem atrativo, mas ainda não é o ideal. Tem que gerar circulação, tem que ser visitado. Para tanto deve está bem posicionado no topo de busca.

Esta tendência desperta em alguns visionários, uma gancho para faturar um pouco mais. Já se pode encontrar, cursos, livros e sites vendendo o serviço de posicionamento no topo de busca.

Aposto que você já se procurou no Google...Nossa! Quando vemos o nosso nome lá, eleva nossa alto-estima. Faz parte do marketing pessoal. Se aquele amigo ou contato profissional não souber por onde você anda, basta digitar seu nome e então você será achado ou vice-versa.

13 agosto 2006

DIREITOS IGUAIS
Passando rapidamente pela banca de Jornal, e, fazendo parte daquele bando de curiosos que ficam em torno das manchetes dos jornais, deparei-me com a notícia de que na próxima reforma da previdência, as mulheres vão se aposentar aos 65 anos.Leia Mais

10 agosto 2006

MERCHAN, NÃO! MERCHANDISING!


Aposto que você já ouviu essa frase: "Isso é merchan..." Se essa moda pega... Mortos e vivos que definiram tão bem o merchandising estão se mexendo no túmulo ou querendo se matar respectivamente. Por conta da ignorância e do modismo, a palavra merchandising está sendo usada de forma pejorativa quando substituída por "merchan". A comunicação do homem está sendo contaminada por gírias, palavras torpes e vulgares que, muitas das vezes tiram o sentido real de palavras técnicas e cientificas. Na Contaminação Sistemática faço uma abordagem discreta sobre isso.

AFINAL, O QUE É MERCHADISING?
1-Prop. Designação corrente da propaganda não declarada feita através da menção ou aparição de um produto, serviço ou marca durante um programa de televisão ou de rádio, filme, espetáculo teatral, etc.2-Market. Conjunto de atividades direcionadas para colocação, em condições ideais, no mercado de determinado produto ou serviço com relação a lugar, momento, quantidade e preço. Esforço Promocional, feitos nos pontos- de- venda, em que utiliza displays, cartazes,amostragrátis.

É o planejamento e a operacionalização de atividades que se realizam em estabelecimentos comerciais, principalmente em lojas de varejo e de auto serviço com parte do complexo mercadológico de bens de consumo, tendo com o objetivo expô-lo ou apresentá-los de maneira adequada e criar impulsos de compra na mente dos consumidores.
MERCHANDISING NO BRASIL
No Brasil, ele é praticado com intensidade nos supermercados. A maioria dispõem de displays, dispensers, checkouts e uma série de materiais promocionais de comunicação interna tais como: cartazes, bandeirolas e etiquetas que estimulam o consumo.
Grandes empresas colocam promotores no posto de vendas para organizar e repor os produtos de tal forma que o ponto de venda esteja atraente através de exposições bem elaboradas e planejadas.
SEM CONFUSÃO
Não podemos confundir promoção de vendas com merchandising. A promoção de vendas acrescenta algum benefício ao produto por tempo determinado, enquanto o merchandising é a soma das ações promocionais que controlam o último estágio de comunicação.
DRAMATURGIAS E PROGRAMAS DE TV
Atualmente, o uso do merchandising dentro de novelas, mini-séries, seriados e programas de TV está cada vez mais constante. É uma tendência na televisão mundial, pois o telespectador ficar menos na frente da TV durante os intervalos comerciais, uma vez que existe uma variedade de canais e uma concorrência acirrada pelo telespectador.
Este mês, participei de uma palestra sobre Merchandising em uma grande emissora de televisão brasileira. Na ocasião o palestrante a firma tal tendência e salienta que seu departamento comercial está atento aos pontos ociosos à pratica do merchandising, buscando sempre oportunidades de negócios e atrair clientes potenciais. Afirmou ainda que poucas empresas no Brasil estão dispostas a pagar pela inserção. Pois o custo é muito superior ao das propagandas nos intervalos comerciais normais. A produção envolve roteiristas, atores e diretores, que ganham porcentagens sobre o custo da ação. Ele não falou em números.
Percebam que nas dramaturgias há uma sutileza na hora de apresentar o produto, depende do cenário, da cena e do artista. Já nos programas, o apresentador pára para falar do produto de forma persuasiva, integrante e natural testemunhando os beneficios do produto apresentado.
Votando ao Tema..."Não pague mico" por aí: Merchan, não! Merchandising.

BIBLIOGRAFIA:
SILVA, Joaquim Caldeira da. Merchandising no Varejo de Bens e Consumo. São Paulo: Atlas,1990.
FREITAS, Sebastião Nelson. Merchandising na Prática/Sebastião Nelson Freitas, Marcos Natali—São Paulo: Editora STS, 1995.
FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Aurélio Século XXI: O Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999.

08 agosto 2006

A BEBIDA NOSSA DE CADA DIA
Sabe aquela pizza que servi há pouco tempo? trouxe uma bebida para acompanhar. Essa bebida é importada, caríssima, fabricada no Paraíso Fiscal. A "Absolut Corruption" era servida em noitadas e reuniões de negócios com pessoas de altíssimo nível social. Trocando em miúdos, somente quem tinha muita grana para fazer relacionamento e lobby podia bebê-la.

Não teríamos o gostinho de pelos menos vê o frasco, se não fosse a língua solta do Roberto Jefferson, mas como ele também bebia na fonte, seja feita a vossa vontade. É bom saber que, político no Brasil não é preso . O que seria dos brasileiros se todos os políticos fossem presos? quem governaria o País? quem controlaria a economia? quem compraria ambulâncias para os hospitais? quem cuidaria da publicidade do governo? como seriam absolvidos por eles mesmo?

É um ciclo vicioso, não pára. Em ano de eleições, a sede pelo voto é negra. Quem provou desta bebida maravilhosa não larga mais o osso, digo, o gargalo. Os Meninos Super poderosos não estão preocupados em combater o monstro da Corrupção. Não estão com medo da sua principal vilã, a Justiça , e muito menos se importando força da rainha, a Opinião Publica.


Mas no país da impunidade, quem tem um olho é rei! não, não é isso, é... vocês entenderam...

AAAhh... Tá cedo.. não vai embora não, toma mais uma gole.

07 agosto 2006

Vai um Pizza?
Recebi vários e-mails de incentivo, apoio e contestação. Alguns leitores estão me chamando de conservadora, outros de radical e outros de menina de pensamentos brilhantes. Confesso que prefiro o último, obrigada! Mas tenho que responder as duas primeiras.


" Como uma jovem de apenas 26 anos pode ser tão conservadora? vivemos no mundo da liberdade de expressão e sexual e a censura não existe mais, pára com isso menina!" Escreveu-me um dos leitores em sinal de contestação.


" Você não pode mudar o mundo, não adianta ser tão radical, seu grito não vai acordar o mundo", outro leitor em sinal de contestação.


Caros leitores, obrigada por tais comentários, é necessário que haja opiniões contrárias, imagine se todos pensassem como eu...o que seria das estratégias de manipulação, do consumismo desenfreado, da lavagem cerebral e de outras coisas que influenciam o homem na mudança do seu comportamento? não teriam efeito.


Não sou conservadora, não! Eu apenas não tenho me conformado com a alimentação que estão nos servindo. Só pizza enjoa, não? O que os paramentares acham da opinião pública? babaca? analfabeta? Mal informada? Sem percepção? Sem opinião própria?! O plenário parece um clube de amigos, absolvem deputados acusados de corrupção, jogam a pedra e escondem a mão, ou melhor, escondem-se atrás do voto secreto.


Apenas a dançarina mostrou a mão, assumindo que gosta de pizza com marmelada. Ah, caro leitor, então eu sou radical?! Estou conversando seriamente com meu teclado... adoraria me tornar uma radical de verdade. Queria fazer uma revolução no Brasil, sabe o que? Um ato público pedindo pelo voto livre. Queria que existisse a democracia, "governo do povo, "pelo povo" e "para o povo". O voto não deveria ser obrigatório, deveria ser um direito de escolha, democrático! Assim não nos decepcionaríamos tanto com a falta de vergonha dos políticos em fazer mal uso do dinheiro público, em outras palavras, roubar!


Qual a punição para eles? qual a moral que têm em criar e aprovar leis se os próprios não as cumprem? E eu sou radical? Conservadora? Ainda não sou... pretendo ser em um futuro próximo.


Eu estou cansada dessa gente hipócrita. Quem não está? Usam máscaras para disfarçar os preconceitos, a ganância e falta de ética. Existe até um Conselho de Ética no Governo, mas não funciona ou não tem força ou não tem argumentos ofensivos para convencer os deputados de que criminosos devem ser punidos. Tudo gira em torno do desempenho do Governo, quer seja na economia, política e nos aspectos socioculturais.


Em um futuro bem próximo pretendo ser radical ou conservadora...
Aceita um pedaço de Pizza?

01 agosto 2006

QUAL O SABOR DO BEIJO?


Tem gente por aí que diz que o beijo tem sabor morango, carambola, tuti-fruit, chocolate, canela, menta etc, varia de acordo com o chiclete que esteja mascando(risos). Afinal, se não fosse pelo chiclete qual seria o sabor do beijo? Fala a verdade, quando você está beijando não quer mais parar, parece que tem até cola na boca do outro... É tão gostoso que existe competição entre amigos para quem beija mais numa festa.
HUMMM...Leia Mais


"Se chegar mais perto..."